sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Duas irmãs de Cristo Rei fazem primeira profissão

Na pequena capela de Brene (na zona de Bissalanca-aeroporto) aconteceu no dia 4 de outubro uma cerimónia invulgar: a primeira profissão de duas irmãs franciscanas de Cristo Rei. O nome delas é: Winsan Queba Quadé e Djosinca Joavane José Gomes Lopes. O local foi escolhido porque alí perto as irmãs têm a sua casa de noviciado e Brene é a zona pastoral onde elas operam.
A cerimónia, simples mas bem preparada, contou com a presença da Madre Geral, ir. Edite Ungaro, e todas as irmãs da congregação presentes na Guiné. As novas irmãs fizeram a sua primeira profissão depois de dois anos de noviciado, passados em Bedanda e em Brene.
A ir. Winsan, o fr. André e a ir. Djosinca
O presidente da celebração foi o fr. André Nama Nama, novo pároco de Cumura, o qual substituiu o fr. Raxido, ausente do país por causa da reunião da Conferência Africana dos ministros e custódios provinciais.


terça-feira, 25 de setembro de 2018

Jornada de reflexão da OFS em Cumura

A Ordem Franciscana Secular (OFS) organizou uma "Jornada de reflexão" nos dias 21 a 23 de setembro em Cumura. O tema principal dos três dias foi a Regra da OFS da qual, este ano, se celebra o 40° aniversário da sua aprovação pelo papa Paulo VI (24 de junho de 1978).

Estes três dias contaram com a participação de cerca de 30 pessoas, vindas das três fraternidades seculares existentes no país, e de alguns jovens da JUFRA (como convidados). Foram dias de alegre convivência e de fraternidade, orientados pelo assistente espiritual fr. Renato Chiumento, coadjuvado pelos três ministros das fraternidades locais.
Foi amplamente reconhecido que os nossos membros trabalham muito nas paróquias, onde são catequistas, leitores, cantores, animadores de comunidade, membros do Conselho pastoral, etc. Infelizmente eles não são conhecidos na diocese, por causa da sua presença discreta e silenciosa.


terça-feira, 18 de setembro de 2018

Nhoma acolhe três novos postulantes

Com a graça do Senhor, também este ano tivemos a alegria de acolher alguns jovens para o ano de postulantado. São três e vem todos do nosso seminário menor: António, Pedro e Rei. A cerimónia da entrada no postulantado, muito simples, teve lugar no dia 18 de setembro em Nhoma e foi presidida pelo novo Custódio, Fr. Raxido Marcelo dos Santos. Estavam presentes as irmãs franciscanas da Imaculada Conceição, em serviço a Nhoma, as irmãs de Cristo Rei, alguns confrades de Brá e Catedral e numerosos fiéis.
A cerimónia da entrada dos postulantes coincidiu com a bênção e a inauguração da nova residência dos frades.



O fr. Raxido, novo Custodio, (no centro)

O fr. Cesario, novo mestre dos postulantes, com Rei, Mário e António



segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Jovens franciscanos guineenses fazem a sua primeira profissão

Depois de um ano de noviciado, vivido na casa de noviciado de Dapaong, em Togo, sete jovens guineenses fizeram a sua primeira profissão na Ordem dos Frades Menores no dia 17 de setembro. Para além dos nossos jovens, houve também cinco jovens de Costa de Marfim e de Togo. Os nossos jovens são: Abraão Mutaro Candé, Boner João Cá, José Francisco Tambá, José Luis Có, Mogna Salna Tchami, Nivarildo Saqui Monteiro e Sumba Mário Quibolo.

Tendo completado a sua experiência no Togo, os jovens frades estão agora de regresso na Guiné, onde irão começar os seus estudos filosofico-teológicos no seminário maior diocesano.



quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Duas irmãs franciscanas fazem consagração definitiva

Ir. Paula Waga e ir. Bernardina
Grande festa em casa das Irmãs Franciscanas do Coração Imaculado de Maria pela profissão perpétua de ir. Maria Paula Waga e de ir. Maria Bernardina Julieta Júlio Albino Aníbal
A cerimónia, que teve lugar no sábado 8 de setembro em Quilele (comunidade da Sagrada Família), contou com a presença de muitos fiéis, entre os quais alguns vieram do Senegal. A celebração foi presidida pelo Bispo Auxiliar D. José Lampra Cá, enquanto as neo- professas foram recebidas na congregação pela Delegada Geral.
 

Vamos conhecer melhor estas duas irmãs: 
 A ir. Maria Paula Waga, filha de Caba Waga e de Hospede Ducanda, nasceu em Bissau a 30 de Maio de 1989. Começou a sua caminhada vocacional em 2002, fez o postulantado em 2008/2009 em Quilelé. Foi para Brasil para os dois anos de noviciado, professou em 2013. Estudou dois anos na universidade Lusófona (2013-2015), inscrevendo-se posteriormente na faculdade de Medicina Raul Dias Arguellas, onde está a frequentar o 4° ano. 
 
A ir. Maria Bernardina Julieta Júlio Albino Anibal, filha de Júlio Aníbal e de Bernardete Indequi, nasceu no dia 20 de Agosto de 1988 em Quinhamel. Foi Baptizado no dia 26 de Março de 1989 na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, Quinhamel. Começou a caminhada vocacional em Quinhamel sector pastoral de Biombo. Entrou no centro Juvenil no dia 19 de Outubro de 2008 em Cumura. Entrou no postulando no dia 22 de Novembro de 2009 em Quelelé. No dia 10 de Setembro foi para o Brasil a fim de começar o noviciado. No dia 15 de Janeiro de 2011, entrou no noviciado na província de são Francisco de Assis estado São Paulo (Amparo). No dia 12 de Janeiro de 2013, fez a profissão temporária em Brasil. Regressou para a Guiné-Bissau, no dia 26 de Janeiro do mesmo ano para fazer juniorato no ano lectivo de 2013 a 2014 continuou os estudos na Universidade Lusófona da Guiné.

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

P. Júlio Baratto concluiu a sua missão

Depois de longa vida missionária, toda passada na Guiné-Bissau, o p. Júlio Baratto foi chamado para junto do Dono da missão. Foi no passado 5 de setembro que, repentinamente nos deixou o valoroso missionário.
Nascido a 22 de outubro de 1937, ele chegou a Guiné no ano de 1971, chegando a cobrir vários cargos entre os quais o de superior da Fundação franciscana. De 1992 a 1994 foi reitor do seminário menor franciscano. Regressou a Itália a 7 de junho de 1995 por motivos de doença. Nós últimos anos fazia parte da fraternidade de Vittorio veneto.

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

A minoridade no centro da vida fraterna

É o título do nosso retiro deste ano: "A minoridade como elemento essencial da nossa fraternidade", orientado pelo Fr. André Nama Nana, congolês, pároco de Canchungo até então, mas em processo de mudar para Cumura. Somos cerca de trinta pessoas, sobretudo franciscanos mas não so, hospedadas no centro de espiritualidade de N'Dame. O local é perfeito, tendo em conta o silêncio e a muita chuva.